Programa de Verão seleciona jovens cientistas

Tempo de leitura: 1 minuto

Estudantes de doutorado de instituições de ensino superior brasileiras têm a oportunidade de desenvolver trabalho sob orientação dos pesquisadores do Instituto Internacional para Análise de Sistemas Aplicados (IIASA) durante três meses na sede do Instituto, em Laxemburgo, Áustria. O novo Programa de Verão para Jovens Cientistas CAPES/IIASA  recebe inscrições até 11 de janeiro.

A iniciativa é fruto da cooperação entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o IIASA. Serão concedidas até quatro bolsas de doutorado-sanduíche com duração de três meses em áreas como análise de sistemas avançados, qualidade do ar e gases de efeito estufa, serviços de ecossistemas e gestão, energia, evolução e ecologia, risco e resiliência, transição para novas tecnologias, água e população mundial.

Entre os requisitos previstos, os bolsistas do Programa de Verão não podem ter sido agraciados anteriormente com bolsa de estudo no exterior na mesma modalidade, nem possuir título de doutor, mesmo que em outra área. Além disso, os estudantes têm a obrigação de concluir o curso de doutorado no Brasil. O início das atividades no IIASA está previsto para junho de 2017.

O IIASA é um instituto internacional envolvido na investigação científica que fornece suporte para os formuladores de políticas públicas sobre questões de importância em três áreas problemáticas globais: Energia e Alterações Climáticas; Água e Alimentação; Pobreza e Equidade. É considerado um dos maiores think tanks do mundo.

As inscrições já estão disponíveis no site do IIASA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *