FAPESP e Facepe lançam chamada conjunta de propostas

Tempo de leitura: 3 minutos

A FAPESP e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) lançaram, em conjunto, chamada de proposta de pesquisas a serem desenvolvidas em colaboração por pesquisadores dos estados de São Paulo e de Pernambuco.

A meta é selecionar até quatro projetos nas áreas de Ciências Biológicas e Exatas, que contribuam para a formação e/ou para o fortalecimento de redes de pesquisas nos dois estados. Os recursos para o financiamento aportados pelas duas Fundações serão proporcionais ao esforço de pesquisa em cada estado, não havendo obrigação de igual financiamento por parte das fundações. A FAPESP destinará até R$ 200 mil por proposta e a Facepe, até R$ 100 mil.

Definido o projeto a ser desenvolvido em colaboração, os pesquisadores do Estado de São Paulo devem apresentar a proposta à FAPESP, de acordo com as normas da modalidade Auxílio à Pesquisa – Regular, por meio do SAGe (www.fapesp.br/sage).

Os pesquisadores de Pernambuco devem submeter à Facepe, na modalidade Auxílio a Projetos de Pesquisa, no endereço http://agil.facepe.br. Serão apoiadas as propostas selecionadas pela FAPESP e pela Facepe, de acordo com seus respectivos critérios de avaliação. O prazo de submissão encerra em 28 de setembro.

A chamada é o primeiro resultado do Memorando de Entendimento para a Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação, firmado pelas Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) de todo o país em 9 novembro de 2017, durante o Fórum do Conselho Nacional das FAPs (Confap) realizado em Goiânia.

“A FAPESP teve uma proatividade e um papel importante no acordo entre as Fundações e apoiou o Confap na articulação para o encaminhamento da cooperação entre as FAPs”, disse Maria Zaira Turchi, presidente do Confap.

“O memorando possibilita que duas ou mais Fundações se associem em chamadas para financiamento de projetos de interesse comum e para promover o intercâmbio de pesquisadores”, disse Carlos Américo Pacheco, diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo (CTA) da FAPESP.

De acordo com o presidente da Facepe, Abraham Sicsú, o memorando foi resposta das FAPs à crise de financiamento que tem comprometido o aporte de recursos das agências federais e, consequentemente, o andamento de pesquisas.

“A saída são os acordos entre as Fundações”, disse. Na chamada conjunta da FAPESP e Facepe, ele exemplifica, o que se está oferecendo à comunidade de pesquisadores dos dois estados são recursos que “existem” e que estão disponíveis para apoiar projetos conjuntos neste ano.

“A expectativa é reforçar a parceria entre pesquisadores dos dois estados nas áreas de Química, Biologia, Física e Matemática, existente há vários anos”, disse Sicsú.

O presidente da Facepe aposta na formalização de parcerias com outras Fundações e prevê que os acordos bilaterais ou multilaterais aumentarão o “cacife” das FAPs em convênios internacionais. “Em 2009, por exemplo, tivemos um acordo exitoso na área de mudanças climáticas globais, envolvendo a Facepe, a FAPESP e a Agence Nationale de la Recherche, da França, que resultou em três chamadas de propostas”, disse.

“A chamada mostra como as FAPs têm avançado na articulação de parcerias, possibilitando novas oportunidades aos pesquisadores de instituições dos diferentes estados brasileiros para a pesquisa científica, tecnológica e de inovação. Nesse sentido, está alinhada às ações desenvolvidas pelo Confap, por meio das FAPs associadas, como as articulações que já são feitas com os parceiros nacionais e internacionais”, disse a presidente do Confap.

Além de pesquisa colaborativa envolvendo pesquisadores de pelo menos dois estados, o memorando de cooperação entre as FAPs prevê também atividades de intercâmbio científico, incluindo visitas, workshops e seminários multilaterais, mobilidade de jovens cientistas em nível de pós-doutorado e pós-graduação, troca de informações, entre outras ações.

A chamada de propostas está publicada em: www.fapesp.br/11963.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *